Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Novidades

Progesterona

Dra. Marta Padilha - Especialista em Modulação hormonal no Instituto Prof. Teresa Branco

Em que idade é que esses sintomas se declaram?

As principais hormonas no metabolismo feminino são a Progesterona e o Estrogénio. A Progesterona é a primeira hormona que as mulheres perdem, logo o equilíbrio entre as duas hormonas mencionadas deixa de ser realizado e, deste modo, o metabolismo deixa de funcionar bem. Todos (mulheres e homens) perdem 1-3% das suas hormonas por ano e ao longo do tempo (nomeadamente a partir dos 35-40 anos) ocorrem as manifestações clínicas dessa deficiência hormonal.

O que sentimos quando temos défice de progesterona?

A Progesterona é uma hormona diurética, sedativa, tranquilizante e calmante e tem uma ação anti-depressiva e protetora em relação à mama e ao útero. As manifestações clínicas de deficiência de progesterona são: alterações de memória, irritabilidade, fadiga crónica, cansaço, alteração da qualidade do sono, tensão mamária; Aumento da sensibilidade à dor, insónia com aumento de ansiedade e tensão nervosa; Aumento do fluxo menstrual e dismenorreia (dores pré-menstruais), distensão abdominal e retenção de líquidos.

O que devemos fazer para atenuar esses sintomas?

Em primeiro lugar devemos realizar uma consulta de modulação hormonal para confirmar se existe ou não deficiência hormonal. Essa Consulta deve ser realizada por um profissional experiente na área e consiste na realização de história clinica, exame objetivo, realização de exames complementares de diagnóstico (análises, ecografias...). Quando é verificada a existência dessa deficiência deve-se repor com hormonas bio-idênticas pois estas são substâncias cuja estrutura molecular é exatamente igual à nossa e, por isso, o nosso corpo reconhece-as como sendo suas. Deste modo, praticamente não existem reações adversas à sua utilização. Essa reposição poderá ser para a vida toda pelo motivo já mencionado.

Quem devemos procurar para nos ajudar a resolver esta situação?

Devemos procurar profissionais de saúde especializados e que nos ajudem na sinergia dos 5 pilares do anti-envelhecimento. Cada terapêutica é individual e, por isso, cada profissional deve ser especializado nas diferentes áreas:

- Nutrição

- Exercício físico

- Mudanças de hábitos de vida (gestão do stress, melhoria do sono...)

- Suplementação não – hormonal

- Modulação hormonal (Com Hormonas Bio-idênticas)

 

Deixe-nos ajudá-lo a cuidar de si! 211 337 138geral@teresabranco.com

Partilhe nas Redes Sociais

um estilo de vida saudável

Mantenham-me Informado

Quero conhecer as novidades e campanhas que têm para oferecer.